Sério?

Presos no turbilhão de abominação tentacular como estamos, a questão é envolvente. A espiral para dentro de um “holocausto de liberdade e êxtase” é um redemoinho esquerdista? Isso parece plausível, quase inevitável, se a direta se define em oposição ao mal caótico. Mas se monstruosidades poli-gavinhadas de Lá Fora não são nossas aliadas naturais, que diabos estamos fazendo nestas praças? É simplesmente destino e lealdade, daqui onde escorregamos: Se é um horror em forma lula vindo do tempo profundo, com um QI de quatro dígitos ou mais, e planos indizíveis para a humanidade, então é um dos nossos e – mais ao ponto – somos seu.

Original.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s