Confissão Nº 1: Eu geralmente gosto muito do que Don Boudreaux escreve

Confissão Nº 2: Eu acho que isto é simplesmente insano. Com isso eu quero dizer: eu simplesmente não entendo, de forma alguma.

Boudreaux começa explicando as preocupações de “alguns amigos cujas opiniões eu tenho a mais alta consideração” de que “os imigrantes usem seu crescente poder político para votar por políticas governamentais que são mais intervencionistas e menos respeitosas para com as liberdades individuais”. Difícil de imaginar, eu sei. Especialmente se se ignora exemplos insignificantes tais como – ummm – o estado da maldita Califórnia.

Depois fica mais estranho. Aprendemos que “a preocupação com os prováveis padrões de votação dos imigrantes não é nada novo. Medos passados parecem, da perspectiva de 2013, terem sido injustificados”. Estou quase envenenando meu sistema nervoso com meu próprio sarcasmo a este ponto, então, em vez disso, eu vou simplesmente perguntar, tão educadamente quanto possível: O que contaria como evidência de que a América está se movendo em uma direção que seja “mais intervencionista e menos respeitosa para com as liberdades individuais”? Isso se pareceria de alguma forma que fosse com o que temos visto – em um modo altamente acelerado – desde a aprovação do Immigration and Nationality Act de 1965?

Aí vem a celebração explícita do suicidalismo libertário:

Mas vamos assumir, por ora, que os imigrantes de hoje – aqueles imigrantes recém chegados e aqueles que chegariam sob um regime de imigração mais liberalizado – estão de fato tão propensos quanto meus preocupados amigos temem a votarem esmagadoramente a favor de mover a política econômica americana em uma direção muito mais dirigista. Tal movimento seria, eu enfática e incondicionalmente concordo, muito ruim. Muito. Ruim. Mesmo.

Eu ainda apoio a imigração aberta. Não consigo me forçar a abandonar o apoio às meus princípios fundamentais apenas porque seguir estes princípios poderia se provar fatal.

A coisa é, isso de fato se provou fatal. É por isso que a neorreação existe.

Original.
Advertisements

2 thoughts on “Libertarianismo Suicida

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s